segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Em quem ponho minha cofiança?

Jesus nos convidou a pensar sobre essa questão nos dois últimos domingos através do Evangelho. E percebi que, todo o tempo, somos tentados a colocar nossa confiança em algo ou alguém que não Deus. Por exemplo, no dinheiro ou nos nossos próprios esforços.


Diz o salmo 126: "Se o Senhor não construir a nossa casa, em vão trabalharão seus construtores; se o Senhor não vigiar nossa cidade, em vão vigiarão as sentinelas!" (Sl 126,1) De nada valerão nosso trabalho ou nossas riquezas se nossa confiança não estiver depositada inteiramente no Senhor. Só Ele nunca falha! E, no entanto, muitas são as vezes em que me vejo novamente enredada em inúmeras preocupações, deixando-me tomar pelos temores de alguém que confia nas coisas que podem falhar... Daí ser tão pertinente o conselho do mesmo salmo: "É inútil levantar de madrugada, ou à noite retardar vosso repouso, para ganhar o pão sofrido do trabalho, que a seus amados Deus concede enquanto dormem." (Sl 126,2)


Jesus não nos chama a sermos preguiçosos ou irresponsáveis, não se trata disso. Mas Ele quer que sejamos livres de tantas vãs preocupações; esforçando-nos, mas confiando sobretudo em sua providência. Como Pai, Deus conhece todas as nossas necessidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget