domingo, 26 de abril de 2009

"Conhece-te a ti mesmo"


Essa recomendação estava esculpida na entrada do templo de Delfos, na antiga Grécia. Porém, é muito válida no mundo atual, em que as pessoas estão perdendo a capacidade de se questionarem sobre as coisas fundamentais de sua exitência. Será que conhecemos a nós mesmos? Essa pode ser uma viagem interior dolorosa, mas extremamente necessária. E o fato é que só à luz do Espírito Santo somos capazes de empreendê-la. Quem se conhece por inteiro pode doar-se verdadeiramente aos outros, pode ser melhor para si, para Deus e para o mundo.

O homem perde-se na busca de tantas ciências e esquece de conhecer a si mesmo. Esquece de fazer as perguntas mais necessárias, prendendo-se àquelas que são menos importantes. E assim torna sua vida vazia e sem sentido. Deixemos que Deus nos ensine a nos descobrir em nossa essência: nossas fraquezas, nossas vitudes, nossos sentimentos, pra que possamos dar direção certa ao nosso existir.

5 comentários:

  1. Ah esse 1º parágrafo, tudo a ver, com o que vivemos (pq vc viveu comigo) neste fds. Obrigada pela sua doação e amizade. Amo vc em Cristo !

    ResponderExcluir
  2. digo mais: conhecer a si mesmo é caminho de cura interior e caminho para santidade.
    (tecendo fios de ouro)
    http://umarespostadiferente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eita que tá filosofando!!! rsrsrs...
    Belo texto, Roberta. Parabéns!!

    Mas será que o homem se perde entre as ciências ou é um homem já perdido que realiza a labuta científica?? brincadeirinha...

    Robson

    ResponderExcluir
  5. Também está escrito na crípita de Apolo discípulo de Paulo "Conheça-te a ti mesmo".
    Sempre busquei o alto conhecimento como fonte de cura e libertação, principalmente para vivenciar melhor os relacionamentos: Namoro, Amizades, Familiares e na Fé.Creio que quanto mais me conheço, mais me liberto e vivo com austeriedade a Deus em relação ao mundo.
    É preciso se conhecer com auto-sinceridade.
    Emcarar a verdade de si mesmo.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget